BLOG FECHADO

02
Set 09

            Era um ginásio, profissional e incrivelmente bem equipado. Quando o Anjo abriu a porta, uma baforada de ar fresco atingiu-me no rosto, corado e quente. À minha frente, estendia-se um imenso complexo desportivo. No entanto, em vez de ver balizas, cestos e o chão repleto de linhas divisórias coloridas, o que encontrei era algo completamente diferente: uma pista de esgrima, comprida e nívea. Eu nunca tinha visto nenhuma, pelo menos ao vivo. Mas a pista não estava vazia – duas figuras trajadas de branco travavam um duelo. O som dos sabres um contra o outro cortava suavemente o ar, numa melodia metálica. O Anjo pigarreou, levando o punho cerrado à boca. O duelo cessou de imediato e as duas figuras giraram lentamente nos calcanhares, de modo a poderem ver-nos.

            - Esse último ataque foi mesmo flácido, Ricardo. – disse o Anjo.

            Depois de um estranho momento de silêncio, uma gargalhada grave propagou-se pelo ginásio, ligeiramente entrecortada por um arfar de cansaço. O mais alto dos esgrimistas endireitou-se e retirou a máscara que lhe cobria o rosto. Fui atingida por um baque de surpresa. Fitavam-nos uns olhos profundamente azuis, tão azuis que pareciam pretos. O cabelo, negro, ligeiramente suado, pendia ao longo das orelhas, roçando os lóbulos dourados. Os seus lábios eram pálidos e extremamente bem desenhados, quase como a tinta chinesa. Algo naquele rosto áureo me fez perceber que ele era irmão do Anjo. O sorriso, talvez, ou a maneira como erguia o queixo em puro prazer.

            - Ai sim? – disse ele, com uma voz rouca e profunda – Eu digo-te, já, irmão.

            O Anjo, de mãos recolhidas nos bolsos, sorriu maliciosamente, lançando um olhar desafiador.

            - Francisco? – chamou, em voz baixa.

            O outro esgrimista retirou a máscara, respondendo, numa voz um nada infantil.

            - Sim?

            Era um rapaz, mais novo que eu. A sua face mimosa, pueril, conseguiu arrancar-me um sorriso de simpatia. Apesar de estar claramente na transição para a adolescência, já eram visíveis os traços régios da família Júlio Oliveira no seu rosto. No entanto, ao contrário do Anjo e do Ricardo, tinha cabelo cor de feno, que caía secamente sobre os olhos.

            - Dá-me o sabre. – proferiu o Anjo, firmemente.

            Francisco não questionou a ordem que lhe havia sido dada, e entregou a arma ao irmão. Quando o Anjo enrolou os dedos em volta da pega do sabre, julguei ver um laivo de cor nas suas faces, mas logo desapareceu. Levantou o braço direito, o qual ficou imediatamente hirto, paralelo ao chão. Vi, debaixo do tecido da manga da camisa, os seus fortes bíceps contraídos ao máximo. Uma pequena comichão de excitação ardeu-me na boca do estômago. O Ricardo deu uma risada, colocou de novo a máscara e pôs-se em posição de duelo.

            - Eles vão mesmo lutar... – disse o Francisco, com os olhos inundados de espanto.

            - Pois, parece que sim.

publicado por Katerina K. às 18:57

Shii , já vi que isso está mal para esses lados /:
as melhoras, oh rapariga hilariante :D
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 15:41

Eu cá estou bem, obrigada :)
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 15:47

Eu tenho Magnum's cá em casa, lálálá (aaa)
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 15:51

até te mandava um por mail, mas é capaz de chegar derretido, ahah 8D
estou a brincar contigo, mariazinha xD
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 15:57

sim, sim. acho muito boa ideia, quero ler isso *.*
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 16:03

Se agora achas que não está a correr muito bem ou que não estás com muita inspiração, adia um bocadinho. quando tiveres ideias vais passando por lá. No outro dia vi na Oprah um homem (não me lembro quem) que demorou 10 anos a escrever um livro (não estou a dizer que vais demorar tanto tempo xD) mas que o livro dele é um sucesso!
Catherine a 3 de Setembro de 2009 às 16:05

tenho a certeza que sim. tenho a certeza de que vai sair daí uma enorme maravilha :)
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 16:07

Pois, por acaso, essa também é uma pergunta que me anda a rondar a mona xD
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 16:16

eu confio :)
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 16:18

não me parece. tás muito longe, muahahah :D
vou-me embora. beijinhos, querida @
inês. a 3 de Setembro de 2009 às 16:24

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
16

24
26

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RSS
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

#5

blogs SAPO