BLOG FECHADO

06
Ago 09

A pedido da minha cara Isabel, postei a sexta parte d'O Rapaz Cor de Luz mais cedo. Espero que gostem.                 Joana F.

 

Eu estava deitada na cama do David, com o pijama vestido. A única coisa que iluminava o quarto era o brilho fosco da televisão. Na minha mão, pendia o comando, bamboleante como um ramo à brisa da tarde.

Na casa de banho adjacente, conseguia ouvir a água a correr e o David a escovar os dentes. Pisquei os olhos umas quantas vezes antes de inspirar fundo e formular a pergunta que me bailava nos lábios.

            - Quem é ele?

O David assomou à porta, a toalha à volta da cintura e a boca envolta em espuma com cheiro a mentol.

            - Hã?

            - O Anjo.

Ele riu-se.

            - Vais insistir nesse assunto?

            - Sim, até me dares uma resposta concreta.

Olhei-o, apática, e ele sentou-se a um centímetro de mim, na borda da cama.

            - O que tens contra ele?

            - Nada, absolutamente nada. Mas ele assusta-me.

O David suspirou, limpando a boca à toalha. Levantou-se e agarrou nas calças do pijama. Dirigiu-se à casa de banho, voltando em menos de vinte segundos. Sentou-se, as costas nuas encostadas à cabeceira da cama.

            - Se queres que te diga, não sei muito sobre a vida do Anjo. – proferiu, num tom frágil que imediatamente estranhei – Quer dizer, conheço-o bem, mas sei o suficiente para não querer saber mais.

Calou-se. Mantive-me em silêncio, à espera. A luz morta da televisão alternava entre o azul e o verde, tingindo o quarto. Por fim, virou-se para mim e cruzou as pernas. Falou num tom ponderado, no limiar do grave, como se me estivesse a contar uma história para adormecer.

            - Conheci o Anjo há dois anos. Na altura, ele já era uma personagem um bocado insólita. Nem fui eu que me dei a conhecer, o Hélio tratou de nos apresentar. Eu já tinha ouvido falar dele, comentários vagos aqui e ali. Quando o vi a tocar, achei grotesco, para ser o mais sincero possível. Não por ele tocar mal, mas por as suas interpretações serem terrivelmente densas. Com o tempo, melhorou ligeiramente, mas não por vontade própria. A sua paixão é Rachmaninov. Foi assim que percebi que era ele quem estava na sala do piano. Mais ninguém toca Rachmaninov daquela maneira, ninguém. Fiquei surpreendido, pensei que ele estivesse em Sintra.

            - Não sabias que ele cá estava? Eu já o tinha visto, na sala de jantar, com aquela rapariga bonita.

            - A Núria. – sorriu.

            - São amigos?

            - São irmãos.

publicado por Katerina K. às 11:37

Que devo escrever?!
Esta fantastico:)

Obrigada! Vou postando e postando. Sujeito-me às vossas opiniões e críticas, não tenham medo!


Beijinho flautístico,
J.F.

Lindooo! Cada vez mais gosto de vir cá ler os teus suaves capítulos^^

*beijinhooos
Young MJ* a 6 de Agosto de 2009 às 12:33

MJ,
A partir daqui começa a melhorar. Não percas nenhum capítulo!


Beijinho flautístico,
J.F.

Okay!!!^^ vou tentar evitar fugir!!!!= )*

estarei à espera sim!!!

*beijinhoos

Agrada-me ouvir isso. (:



Beijinho flautístico,
J.F.

Até a mim me agradava!!!=)

^^ De quem é a musica do teu blog?

=)

Regina Spektor. (:


Beijinho flautístico,
J.F.

E o mistério adensa-se....xi, que vontade de saber tudo!

É o mal das postagens...tudo só aos bocadinhos se estivesse já publicada a tua história podes crer que mandava os papéis às urtigas e estava agora embrenhada a beber essa tua prosa, realista de tão pormonorizada, extremamente criativa, poética pela beleza das cores e densa pela qualidade...ups, já estou a falar de mais

Depois quero o livro autografado ok

Bjinhos

Que fervor! ahahah :P
A ISTO É QUE SE CHAMA UM FÃ! :D
Talvez amanhã ou no dia seguinte publique mais um capítulo.
Quando acabar de postar a história, vou postar um pedacinho do primeiro capítulo do meu livro novo, para vocês se divertirem a opinar! (:


Beijinho flautístico,
J.F.

Hei....

Alto lá...eu não me divirto a opinar, aliás opinar é para mim um sacrificío(lol) eu divirto-me é a ler certo??

Bj ó Flautistica

Pronto, cada um arranja a sua diversão! ahah


Beijinho flautístico,
J.F.

Mais um (capitulo..não bebé) assim pó perfeitinho e saido antes de tempo (aueee) =3...mas, tá quase a chegar ao fim =/ [espero que depois venha outra ^^]
Eu acho que compreendo a reacção da tua amiga, porque não deve ser muito normal usares a despedida que usas-te...mas sim provavelmente a piada deve de estar em torno da palavra bazofe...que palavra tão cute!!xD
J a 6 de Agosto de 2009 às 14:39

Mais um lindo :)

Bj*
Sara a 6 de Agosto de 2009 às 15:12

A sério? Obrigada!:D
Volta sempre.

Beijinho flautístico,
J.F.

Ueee..vai haver um 11 só para não discriminar os números ímpares e porque o meu pedido foi atendido...somos uns sortudos, eu e os números ímpares ^^ !!!
E tens razão quando falas de poder ser cansativo...talvez seja melhor um periodo de posts soltos, talvez com pequenas "amostras" do próximo "best seller" da Joana Éfe =3
J a 6 de Agosto de 2009 às 15:40

ohhh..o meu nome aparece na história! *.*

Joana...esta historia é verdadeira??
já agora...se a história não for verídica, podes me dizer onde te inspiraste no meu nome? lol


Beijoca ^^
Núria a 6 de Agosto de 2009 às 15:46

É verdadeira, sim.
Quanto ao nome, posso perguntar à mãe deles, pode ser que tenha uma resposta satisfatória! :)


Beijinho flautístico,
J.F.

Se dizes que é verdadeira, então acredito :)

Uau A história é linda!!
Estou ansiosa pela próxima parte !E estou a adorar ler o teu blog


Beijoca
Núria a 6 de Agosto de 2009 às 15:56

O melhor está para vir!


Beijinho flautístico,
J.F.

Vai levantando assim pontinhas ao véu...so para aguçar ainda mais a curiosidade das pessoas e para mostrar o que mais se passou após o final!!^^
J a 6 de Agosto de 2009 às 16:17

Olá Joana. Olha eu fico estupefacto, quando olho para a hora da publicação e para o nº. de comentários fico pasmado. Algo se passa que me está a passar ao lado, será que ainda há quem goste mais que eu dos teus escritos?, olha este capitulo, está o máximo, adorei, parabéns. Um abraço Eduardo.
Fisga a 6 de Agosto de 2009 às 16:32

É, tenho muitos fãs, pelos vistos!
Mas espera, que o melhor da história está para vir.


Beijinho flautístico,
J.F.

Olá. :)
Gostei do blog, muito giro ^^

Olha, será que poderias visitar o meu novo blog/site?
www.rp-fan.pt.vu
Se és fan do Robert Pattinson, perfeito. ^^

Por favor, diz-me o que achaste do meu espacinho.
Beijinhos ^^

*Se puderes fazer-me o favor de divulgar, agradeço. :)
Catti a 6 de Agosto de 2009 às 18:55

Já estou a caminho! :)

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
27
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RSS
arquivos
A Banda Sonora dos Rascunhos


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

#5

blogs SAPO