BLOG FECHADO

31
Jul 09

O que ouvimos não fora propriamente um barulho. De qualquer modo, fora o suficiente para todos os pêlos da parte de trás do meu pescoço se eriçarem. Agarrei o David com mais força, praticamente enterrando o seu braço no meu flanco, entre o escuro do cabedal do meu casaco. Sustive a respiração por um momento, quedando-me imóvel na escuridão da casa.

            - O que foi aquilo? – sussurrei.

            - Pode ter sido muita coisa. – respondeu ele, placidamente.

Outro barulhinho crepitou na escuridão. Senti o David a puxar por mim. Procurei a mão dele com o braço que tinha livre, pegando nela languidamente, os meus dedos indo ao encontro dos dele.

Ouvi a sua voz soar calma, quase doce.

            - Tranquila.

            - Estou tranquila.

Avançámos cegamente, sem saber exactamente para onde estávamos a ir. De repente, vimos que um laivo de luz cortava a gélida escuridão. Provinha de uma sala com a porta entreaberta, deixando a luz sair suavemente pela fresta. Outro barulho.

            - Vem dali.

Percebi que ele assentiu lentamente. Depois de termos dado uns passos em frente, o David parou. Não percebi imediatamente o porquê daquela hesitação. No entanto, uns segundos depois, ouvi alguma coisa que se sobrepunha ao silêncio. Era música, uma música tão baixa que se podia quase considerar um murmúrio.

O raio de luz iluminava vagamente o rosto do David. Estava totalmente relaxado.

            - Isto é…

            - Rachmaninov. – completou ele.

Subitamente, um sorriso rasgou-se-lhe no rosto. Soltou uma risada curtíssima e quase imperceptível. Fez-se silêncio uma vez mais, e de novo se ouviu a música.

O David esticou o braço e, apoiando a palma da mão na madeira morena da porta, abriu-a. Ela deslizou para trás demoradamente, sem um ruído, mostrando uma sala que eu bem conhecia: a sala do piano. Era ali que tudo acontecia, por assim dizer; o sítio onde o David passava a maior parte do seu tempo. Um belíssimo Steinway & Sons de cauda completa erguia-se no meio do tapete que cobria o soalho de todo o compartimento. De repente, vi a figura. Ao princípio, tomei-o por um fantasma. Depois, percebi que era um homem. Encontrava-se de costas, sentado ao piano, as suas mãos espectrais deslizando pelas teclas tão brancas quanto a sua pele. Nesse momento, uma certa frieza cresceu dentro de mim. Ouvi-o a expirar pela boca, lentamente. Um formigueiro subiu-me pela espinha, obrigando-me a estremecer. Aí, soube que ele tinha notado a nossa presença. Baixou os braços, levou as mãos ao banco forrado a veludo. O David, ao meu lado, sorria. Então, o homem virou-se e pude ver o seu rosto cor de luz.

 

publicado por Katerina K. às 14:32

Tinha acabado de comentar o post anterior a dizer que queria descobrir que barulho era aquele, e quando acabei já estava aqui o post ^^ senti-me mesmo feliz!

Música? Uau +.+ Mas o David parece conhecê-lo e tu conhecias? Ai.. quero tanto continuar a ler...

Sandy a 31 de Julho de 2009 às 14:50

Para isso vais ter de esperar pela quarta parte! (:
Vai visitando, pode ser que qualquer dia tenhas a surpresa do capítulo seguinte já estar publicado!

Beijinho flautístico,
J.F.

Vou vir ^^ Obrigada por escreveres e partilhares =)

Porque não o faria? Não sou egoísta, gosto de partilhar as minhas escritas com o mundo. (:
Quanto ao post, vou levantar um bocadinho do véu. ;) Sim, o David conhece o homem! :D

Beijinho flautístico,
J.F.

Sim, mas há muita gente que nao gosta quando os outros lêm. Ainda por cima tu que escreves tão bem! Podias (e acho que devias) publicar um livro.

A serio? Realmente parecia, porque ele sorriu ^^ Depois tenho de vir cá ler o resto.

Beijinhoos*

Eu quero mesmo publicar. Mas as editoras é que decidem!

Beijinho flautístico,
J.F.

As editoras não vão (nem podem!) dizer-te não...

Beijinhos

Ficaste fã :P

Beijinho flautístico,
J.F.

Olá Joana F. ^^

Tenho de dizer obrigado, tanto elogio num post...isto o mundo deve de estar prestes a colapsar!!ahah =D
E acho que a tua afirmação "Sou apenas uma amadora!" está errada, porque nota-se que estás num "grau superior" aos amadores (e todos os outros rascunhadores concordam)...e no fundo todos nós temos muito que aprender até o mundo tá a aprender(como quem diz coiso =P)

E vou continuar com o formigueiro na espinha (lá tá o trespassar de emoções), à espera de mais e mais!!

Beijinho bem alto (lá tá o tal beijo mais ou menos giro)
João To...(ahah desvendei mais uma letra do meu nome super secreto de espião xD)
J a 31 de Julho de 2009 às 18:03

Joanaaaa F
Não é James Bond mas é João Torres (ups...disse o meu nome super secreto^^)...opá!!ahah

É bom saber que faço as pessoas rirem e ainda por cima pessoas queridas por natureza...eu tmabém sou um pedacinho querido (vá outro segredo...pxiuuu ;# )
E deviam ser 11 capitulos...porque estás a discriminar os numeros ímpares e 9 seriam de menos...logo 11 =P

E como eu tive direito a beijinho flautistico especial...a amiga Joana F. vai levar um beijinho bem alto 'super' especial (MUAHAAH[lá tá o lado malvado])

João T. ^^


J a 31 de Julho de 2009 às 18:47

ohhhh...o nome com diminutivo !!xD
Uma querida a Joana F. =$

Ai o David acha um piadão ao lado mais "selvagem"..nem kero imaginar o que é que ele imagina quando esse lado "selvagem" aparece !!!*lala*

E não, não sou um querido....sou um ser super malvado, ser querido é o meu disfarce de espião!!^^ esta parte não sabias MUAHAH

opá...e agora tenho de arranjar um beijo melhor que o repenicado!!!

uhm...
[tempo em k penso em algo]
uhm...

beijinho ainda mais alto que o beijo bem alto (ahah cá está ele)
João T.
J a 31 de Julho de 2009 às 20:29

Oh, muito obrigado. *---------*
Beijinho. <3
- Katty a 31 de Julho de 2009 às 20:54

Volta sempre.

Beijinho flautístico,
J.F.

Bater com a cabeça no teclado não...isso ainda que faz doidoi, e depois "ouch!"...
E o João Tê não quer doidoi na Joana Éfe nem em ngm (so porque faz parte do disfarce *lala*)

Btw...adorei a parte "O david adooora o meu lado selvagem...ele conhece-me bastante bem", tou a imaginar os tipos de conhecimentos do David ^^, mas depois confirmo isso nos próximos capitulos =D

E agora que descobris-te que eu sou um espião "buéda bom" vou espiar os próximos capitulos com o meu super estilo de espião (espero que não te importes)...aproveito ainda para dizer que neste diálogo (troca de comments) eu consigo ser a parte mais ridicula *lala*...e não te cales...é bom ter alguem para conversar =D

Beijinho bem alto (este sai simples porque as vezes faz falta um simples beijo[isto a ideia principal da afirmação está mais ou menos perceptive...acho eu...é que após ler isto uma segunda e terceira vez soou esquesitol])
João T.


J a 31 de Julho de 2009 às 21:00

ola!ainda bem que gostas te do blog fico feliz espero que continues a ir la "visitar-me";D

sabes tambem gostei muito do teu cantinho e aconhedor :D continua a escrever que eu vou vindo ler :)
kiss enorme

ps- titulo muito muito bom:D
ladybug a 31 de Julho de 2009 às 22:22

Obrigada!
Voltarei de certeza ao teu cantinho!
E tu, volta sempre que quiseres. Faz de conta que estás em casa!

Beijinho flautístico,
J.F.

Hoje que me deu uma moleza típica de quem não tem tempo, soube-me bem ler-te. Pena que tenha sido num PC, preferiria em livro, mas gosto na msm.
sara maria a 1 de Agosto de 2009 às 00:14

Pois, o eterno pedido de todos os meus leitores. Pode ser que um dia isso seja possível!

Beijinho flautístico,
J.F.

Olá Joana, continuas sempre bonita.
Caravaggio a 1 de Agosto de 2009 às 00:34

Meu caro Caravagio,
Gosto imenso das tuas visitas, como sabes. Mais uma vez, obrigado.
Faço uma vénia às tuas palavras.

Abraço flautístico,
J.F.

Gostava de poder escrever na Lua
"Bom fim de semana AMIGOS"
Pois cada vez que olhasse para o luar
me lembrasse de todos vós...
...mas a Lua não é grande o suficiente
Para conter a amizade que vos tenho.
BOM FIM DE SEMANA
100timento a 1 de Agosto de 2009 às 08:58

Bom fim de semana e volta sempre!

Abraço flautístico,
J.F.

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
23
24
25

26
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RSS
arquivos
A Banda Sonora dos Rascunhos


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

#5

blogs SAPO